terça-feira, fevereiro 12, 2008

Amor de mãe




- Mercúcio José (antes de dizer "que nome horrível", atentem para a sua origem) fez um amigo: o Cacau, poodle da vizinha. O cão não corre atrás, mas o gato corre dele, especialmente quando lá vem o cachorro, imaginando-se na presença de um semelhante, cheirar o rabo dele. Ele tem medo é de segundas intenções.
- Ele gosta de mulheres (todas) e somente de homens de bom gosto, como o Caléxico, a quem permitiu um par de fotos muito da charmosa, vide acima.
- Cucúcio também é doido por iogurte, quindim e pão de queijo, mas por cuidado alimentar, só o deixo lamber o restinho que sobra no pote.- Como é um gato cagão (também literalmente), ele corre a se esconder dentro do sofá ao som do interfone e campainha (trauma de uma obra interminável em que homens de mau-gosto circulavam incessantemente pela casa). Mercúcio sumiu? Chegue perto do sofá e chame: ele responde abafado, mas seguro.
- O bichinho, esse, está fazendo três anos de vida, e alegrando os quase 30 anos da minha.

4 comentários:

Bela Figueiredo disse...

alvíssaras! e não é que o bichano é a cara da Tifa?

AnaRi disse...

fofíssimo - as usual.
.
parabéns pra mamãe! ;)

Adelaide disse...

ele é um fofo!!!!

Udo disse...

seu blog dá prazer de ver e ler.
beijo
udo