sexta-feira, fevereiro 15, 2008

Tamagochi do Inferno

A pessoa é incumbida de entrevistar um guru do management, um ás do business administration, um papa da gestão. Chego no evento, pós-expediente, e a assessora de imprensa diz que a sumidade em questão ficou louco da vida por causa de um contratempo da organização do evento e que, POR ISSO, não atenderia a imprensa em hipótese alguma (o que a imprensa teria a ver com esse fato, eu não sei). Ele daria, dentro de instantes, uma palestra sobre esses assuntos gerenciais aí, e eu resolvi, de gravador em punho, tentar entrevistar o homem no fim do evento, na esperança (vã) de que ele estivesse mais calmo após a explanação.
A palestra durou duas horas. O intérprete (o homem falava em inglês) tossia, gaguejava e engasgava e o assunto não tinha nada de muito novo não. A China isso, a educação aquilo, uma nova ordem mundial etc.

Por fim, me aproximei do japonês, mais baixo que eu e que, ao me ver de gravador em punho, olhou-me de cima a baixo por trás dos seus oclinhos redondos, implacável olhar de desprezo oriental e disse, com cara de nojinho: "journalist"? O moderador da mesa, brasileiro boa praça, executivo de respeito, explicou que era para um órgão interno de sua entidade, que aquilo não seria veiculado externamente... o japonês, enfim, deu uma bufada de impaciência e disse ok, com aquela cara de enfado clodoviliano, com um ar de "vai logo". E, diante da primeira pergunta: "What managers must do to not let their companies out-of-date?", o homenzinho respondeu que a questão era muito ampla, que ele não tinha tempo e, por fim: "Take it easy, my friend".

Daí, virou as costas e foi embora, carrancudo.

Decididamente, na condição de homem baixinho, ele não conseguiu não subir em cima dum pedestal. Tomara que caia.

3 comentários:

belly disse...

Ele é um péssimo gestor de si mesmo. E um marqueteiro pior ainda.

RoMartinucci disse...

Tomara que caia mesmo! Uó!

belly disse...

Mr. Kikara Diku, PhD in Anal Administration and Logistics.