quinta-feira, dezembro 06, 2007

Confissão bombástica


As sarsicha do norte de Portugal são conhecidas também como morcela ou farinheira e as escuras levam sangue na sua fabricação.

Não me levem a mal os vegetarianos. Já foi provado que eu conseguiria viver sem comer carne, com fases de vacas literalmente magras e muita presença de verduras e legumes. Eu inclusive me considero a favor dos chamados rebanhos 'orgânicos', com mais espaço pros bichim pastar, sem confinamento, etc.
Também já ouvi falar dos estranhos e asquerosos processos de fabricação dos embutidos de carne bovina, suína, caprina, e quem sabe até marciana ou venuziana e, ainda, de que o excesso da população desses animais, excessivos no mundo, é uma das causas para o aquecimento global, dada a demanda por pastagens e a poluição provocada por seus cocôs.
Eu sei de tudo isso.
Mas eu vou admitir: eu gosto de morcela, salame, lingüiça, chouriço, salsichão e comprei um negócio desses enorme no supermercado ontem. É verdade.

5 comentários:

Cinara disse...

GULOSA! Também gosto...rs
Beijinhos

AnaRi disse...

óia que Fróid exprica! ;)
...
eu não te levo a mal não, viu? nunca!
...
o engraçado é o anúncio google logo abaixo do post: "rei da linguiça" - linguiças artesanais.
uia!

Wanderley Garcia disse...

imagina uma festa vegetariana? a única coisa que salva deve ser o limão, que vai rapidinho virar caipirinha!

Lívia Araújo disse...

ô, Wanderley, né bem assim não. Tem muita preparação gostosa pra se fazer sem carne. Esses dias mesmo eu recebi uma receita da AnaRi, de um risoto de pêra e queijo gorgonzola e, veja só, ficou uma diliça.
Mas eu adoro as linguí mesmo assim. ;-)
Beijo e bem vindo sempre.

Lili Cheveux de Feu disse...

que vontade de vomitar.