sábado, agosto 13, 2005

Sobre nada



O post demora a sair porque o assunto sobre o qual estou inspiradíssima a escrever resultou em uma ótima pauta para o veículo no qual trabalho e, se eu tenho alguma verve nessa vida, vou usá-la no texto que preciso escrever, já que normalmente eu me entrego ao feijão com arroz jornalístico que especialmente não me dá o que se pode chamar de tesão. Eu sempre fui uma negação no meu texto pra seja lá o que for fora do blog porque não consigo largar a prolixidade ou fatalmente quero mais riqueza de vocabulário do que os editores dizem que o público irá compreender. Mas e aí? Eu não sei se me faço compreender nem aqui. Por muitas vezes, a maioria delas, acho simplesmente que não. Que não dá pra entender. Que é hermetismo demais para o gosto do leitor (mas não para o meu, of course).
E no fim, estou escrevendo um post sobre o fato de esse post não existir. E esqueço sempre que a fotografia nos fornece essas mil palavras das quais sinto falta agora. Então beijos, e bom fim de semana.

Nenhum comentário: