sexta-feira, julho 03, 2009

Sonrisal

Morreu a Pina Bausch mas o povo deu mesmo atenção ao Michael Jackson (e um pouquinho, convenhamos, à Farrah Fawcett). A coreógrafa alemã não fazia plástica, não mudava a cor da pele, não era acusada de comer criancinhas, então não teve relevância o suficiente para mais que umas notícias pingadas. Na verdade, umas notícias pingadas está até bem. O que enche os pacovás é a overdose que a cobertura da morte de MJ nos impõe, não bastasse a overdose de remédios a que o artista se submetia.

Pensando bem, essa é a era da overdose. Prefiro o comedimento da cobertura de Pina Bausch, já basta.


Muito obrigada pela atenção dispensada e bom fim de semana aos meus 2 1/2 leitores. :-)

5 comentários:

La Fleur disse...

Bom fim de semana pra você também!

1/2 Leitora (pela minha estatura, claro...)

;)

Lívia Araújo disse...

:-) Ei! Obrigada pela visita, La Fleur.

Joelma disse...

Reivindico a meia pra mim. Pra miiiiiimmmmm!!!

(também fiquei tristinha pela Pina)

isabel alix disse...

Eu também quero ser a 1/2 leitora, porra.

Meldels, mulé, o Shitspeaking ainda eczissste!!

Lívia Araújo disse...

Não, bonita, tu é a uma e meeeeia. ;-) Diliça, hahaha.

O Shitspeaking ainda existe, craro. Tu nunca apagaste...