quarta-feira, agosto 29, 2007

Síndrome do Atraso

Eu, na condição de jornalista, tenho uma fantasia de íntimo regozijo espiritual, que diz respeito aos governadores em geral. Um dia, nessas visitas oficiais a empresas e autarquias, em que o governante sempre atrasa, a diretoria e demais participantes, diante da demora da excelentíssima pessoa, dirá: bem, são 3 e tantas e ele(a) ainda não chegou... vamos embora, né? E todos concordam, seguem suas vidas e o governante, quando chega, fica com cara de tacho.

2 comentários:

Cinara disse...

Tenho a mesma fantasia.
Beijinhos

AnaRi disse...

AHAHAHAHAHAHAHA
adouro ver pessoas ditas "importantes" com cara de tacho por conta de indelicadezas próprias. muito digno. e justo.