quinta-feira, abril 26, 2007

11ºC


Moby - In This World

Veio o frio, soprou o vento que tornou inverno a cidade de Porto Alegre.
Velinhas içadas, inflei-me da corrente que, contrária às frentes frias, trouxe-me até aqui.
Às vezes fico pequena, cinco anos de idade, lembrando das têmperas multicores que meus dedos esfregavam na cartolina, em época em que não me dava conta de que tamanho é documento, e o tamanho que eu não tinha me dava a impressão de ser livre.
Mas eu não era. E tampouco sou agora, presa com uma bola de ferro às angústias que permaneceram com o passar dos anos.
E 29 é uma reedição dos resíduos mal varridos de cada ano que passou, tornozeleira com GPS que monitora os passos da ré, auto-condenável, auto-exeqüível.

Um comentário:

Laura disse...

Esse é um mundo que nos convoca o tempo todo a estarmos no exterior, freneticamente nos movimentando em busca sabe-se lá do quê. Em busca de nada,talvez, para muitos. Mas não para você,que é uma pessoa linda, com um interior riquíssimo, com a possibilidade de ressignificar suas vivências e transformá-las em beleza e poesia. E essa é a maior riqueza que uma pessoa pode possuir.

Bjos, querida e um ótimo fim de semana!