quarta-feira, abril 15, 2009

Take your passion and make it happen



Isso é too much eighties, não é mesmo, minha gente? É uma coisa muito do empreendedorismo, das ideias mágicas, de vencer na cidade grande.
Em suma, é cafona. Mas tem lá seu fundinho de verdade: mostrar, sem amarras nem defesas aos olhos do outro, a fragilidade exposta, a paixão que se tem e que é indisfarçável. Para ganhar ou perder. Mostrar.

7 comentários:

Lilly disse...

Sim, tb sou a favor de mostrar. E se o outro não der valor, problema dele... rsrs
beijos.

isabel alix disse...

Pois é. O causo é que os films oitchentcha todos dão a entender que se vc mostrar sua paixão e se a sua paixão for verdadeira, todas as portas se abrirão. E a gente sabe que na vida real do mundo cinzento e adulto as coisas não são bem assim. O que não significa que a gente deva necessariamente parar de acreditar. Eu só diria que não devemos nos surpreender quando a veemência da nossa paixão não conquista as coisas por si só, 80's style.

Lívia Araújo disse...

Ah, o negócio de mostrar é simplesmente pra não ficar reprimindo aquela coisa inata, que deveria sair naturalmente, como um manancial. Aquilo que se não sair, gangrena.

Mari disse...

Minha amiga,what a feeeeelling! Essa coisa de inspiração é muito louca! Você se lembrou de mim ao escrever o post e, ao lê-lo, vi que se encaixa PERFEITAMENTE no meu dia de hoje! Ganhar ou perder, tem que mostrar pra que veio! Dá um medo, mas temos que enfiar as caras mesmo. Adorei!beijo!

Vica disse...

Adorava esse filme. Adorei isso de "auilo que se não sair, gangrena", been there...

Joelma disse...

Pra mim não tem nenhuma dessas leituras. Só eu, com 9 anos, dançando essa bendita música, na apresentação apoteóteca (acredite, terminava com uma "estrelinha") das minhas aulas de dança contemporânea.

(e eu ainda consigo lembrar metade da coreografia. )

...

paixão? PFFFFFF.

Lili Cheveux de Feu disse...

ai... super me senti no sofá da vó assistindo sessao da tarde e chorando de emoção.
é bem cafona mesmo, igual a tal mulé feia que cantou bem dia desses e de repente foi quaaase real.

[parabens para nos amanha!!! beijos]