segunda-feira, junho 02, 2008

Instalação Artística

Inspiradas pelo clima artístico que invadiu a capital gaúcha, a sra. Terto de Arrabéus e eu fizemos nossa homenagem cotidiano-artística à inovadora e maravilhosa Fundação Iberê Camargo, que inaugurou sua nova casa na noite da última sexta-feira. Um engarrafamento monstro até o museu (em plena hora do rush, somado o fluxo que voltava para casa, na Zona Sul, mais o povo que ia ver o Cirque du Soleil), mazah, mazah! Que primor! Viu-se ali a junção entre a pintura quase escultural (vocês já viram de perto a espessura da tinta nas telas, principalmente da fase dos carretéis? Vejam) de Iberê e a limpeza de formas do arquiteto português Álvaro Siza, que cuidou dos mínimos detalhes da obra e não fica atrás de seus grandes trabalhos.

Na festa, nunca vi tanta gente desconhecida, assim como tanta gente conhecida.

Inclusive Jojô e eu, nessa noite, quase morremos - mas com estilo. O elevador parou. Pifou. Dez minutos que pareciam uma eternidade, não pela companhia, de notáveis artistas e jornalistas, mas pela ausência de perspectivas de salvamento, antes de ouvimos a voz redentora: "calma, que já mandamos vir uma equipe RESGATÁ-LOS". Aí que achamos que seríamos personagens daqueles filmes de tragédia, dos bravos sobreviventes de um poço ou de uma mina soterrada. Ai que meda.

Voltando à seriedade, a Fundação Iberê Camargo merece ser visitada, ainda mais que nesses primeiros meses, é de graça. Uma devida homenagem à paisagem de nossa Porto Alegre, e quem chamar o prédio de bunker, apanha.

fotos: 77 e Joelma Terto

13 comentários:

CALEXIco. disse...

Olha, de bunker eu não chamo. Mas que parece um daqueles prédios-estacionamentos, ah parece...

Lívia Araújo disse...

Tens de vê-lo por dentro, negrinho. Bem, eu sou suspeita. Adorei desde o esqueleto (do prédio).

Joelma disse...

É bom deixar claro que a primeira foto é do SAYONARA, onde fica instalado o Chamego Center. Uh? Porque lá no Berê é tudo branco, clean, clean. Eu AMEI! É tão fino e elegante. Eu tenho PAVOR cada vez que lembro daqueles momentos de terror & pânica no elevador. Nunca mais, nunca mais. Como já diria o Vitor Ramil.

Isabel Alix disse...

Um prédio-estacionamento com obras de arte para as pessoas ficarem estacionadas na frente olhando. ;)

Gostei mesmo foi do visu das moça. Tudo bem crinuda, maquiada, de saia com salto ou com bota fetishhhhhh.

Joelma disse...

É que no convite estava escrito PASSEIO COMPRETO dona bella. Aí nóis olhou na interneti e se produziu bem de acordo com o que nós acha que é de acordo. Uh? Viu os quilos de panqueiqui na minha cara? viu? viu? smoochas duplas

rmx disse...

eu vi o predio do siza pelas fotos e achei lindo. Mas fiquei com uma dúvida: ele fica no meio da cidade ou um pouco afastadinho, meio brasília e tal?

Lívia Araújo disse...

R., fica a meio caminho entre a região central e a Zona Sul, na av. Padre Cacique, bem em frente ao lago Guaíba. Quando vieres, me avisa. ;-)

L. Archilla disse...

que linda a saia xadrez! a bolsa tb!

(Lauren, ignorando o texto e demonstrando toda a sua futilidade)

Lívia Araújo disse...

Lauren,
obrigada! Não te preocupa, que a roupa também fazia parte da instalação e imagem também é informação. ;-)
Hehe.

RoMartinucci disse...

Livia, é vc nessa segunda foto?? Se for, realmente faz tempo que nao te vejo... ;-)

Lívia Araújo disse...

Sim, menina, sou eu! Irreconhecível por conta das cabelas ENORMES?? rs

Libertad disse...

menina, mas tá bonita cabeluda, hein?

Libertad disse...

menina, mas tá bonita cabeluda, hein?