quinta-feira, maio 24, 2007

A volta da mulher-onça

Vocês se lembram da novela Pantanal, folhetim revolucionário que foi ao ar pela extinta TV Manchete em 1990 - e deu à luz o estilo inconfundivelmente ruralesco/épico de Benedito Ruy Barbosa? Pois é. Eu tinha 12 anos, era apaixonada pela novela (adorava, no alvorecer dos meus hormônho, ver o povo transando pelado no rio) e minha personagem favorita era a Juma Marruá, interpretada pela Cristiana Oliveira.

Pois, durante a exibição da novela, o programa da Angélica (nessa época) fez um concurso de desenho de bichos do Pantanal, cujo prêmio era uma viagem ao mesmo. Soube depois que o prêmio original era uma viagem à Disney, que os confiscos de Fernando Collor às poupanças e a alta do dólar inviabilizaram. Enfim. Eu fui uma das 30 crianças ganhadoras que iam viajar com seus acompanhantes. Pois, com o prêmio, veio a minha íntima decepção. Além de começarmos a viagem por uma inóspita cidade que tinha um ar de garimpo e exploração sexual de menores, não teríamos direito de conhecer ninguém do elenco. Ruiu meu sonho de ver o pueril Marcos Winter, o voluptuoso Paulo Gorgulho e a nova revelação estrábica da TV brasileira (a primeira deve ter sido a nossa escrava favorita, Isaurinha).

Daí hoje, 17 anos depois, em uma situação profissional, estro em um restaurante onde estão Luciano Szafir e Juma Marruá, em pessoa, para o lançamento de um filme que os dois estrelam.

Se eu não me contive de emoção e disse que ela era minha personagem favorita? Não. Nem lembrei. Só fui lembrar na hora em que cheguei ao escritório.

Moral da história: cuidado com o que você deseja.

5 comentários:

sua very-own-private mulher de oncinha disse...

É. Cuidado!

Agora, me diga uma coisa: ela é mesmo parecida comigo como um monte de gente diz?

belly disse...

(a oncinha. sou eu.)

Lívia disse...

Não Bel. Você é parecida um pouco com a Giovanna Antonelli, já disseram? Mas prefiro você mil vezes.

belly disse...

(Uôôôôu uôôôôu uôôôôu, que declaração mais bombástica.)

Alena disse...

Menina, aposte que os desejos acontecem mesmo!!

Sabe, eu não suportava esta Juma nema novela na ápoca. Era globista total.

Achei uma delícia você participar do concurso. E ganhar. Eu participava da seção d eleitores de tudo quanto é revista de adolescente que havia.(risos) E olha que publicavam minhas cartas...