quinta-feira, julho 13, 2006

Balloon Ride Dreamlog



Eu e respectivo em Florianópolis. Lindjo. Era noite, a lua estava cheia, mas estávamos perdidos na cidade (aliás, esse é o segundo sonho com Florianópolis em poucos meses). Cheguei a ver um rosto conhecido na cidade, logo perdido pelas esquinas. E nos perdemos, também. Encontramos uma banca de suvenires aberta no meio da noite e entramos dispostas a comprar um mapa. Mas os mapas em bom estado estavam esgotados e o dono da banca, um gordo peludo e bigodudo estilo Leôncio (o leão-marinho do Pica-Pau) só tinha mapas rasgados e incompletos para vender. De repente, o respectivo desapareceu. Sim. E surgiu, minutos depois, segurando um balão só pela cordinha.

Um comentário:

Anônimo disse...

What a great site »